Domingo, 16 Janeiro 2022

JHC faz balanço do primeiro ano como prefeito de Maceió e anuncia novos projetos

O prefeito de JHC assumiu a Prefeitura de Maceió em 2021. Ao Cada Minuto, o gestor fez um balanço do primeiro ano comandando a Prefeitura e falou sobre as perspectivas para este ano.

Confira a entrevista abaixo:

 Após um ano de mandato, como avalia a gestão da Prefeitura de Maceió em 2021?

Este ano avançamos e Maceió cresceu muito. Iniciamos o ano com redução da tarifa de ônibus, que tornou Maceió a capital com a passagem mais barata do Brasil; entrega de moradia digna para 1.500 maceioenses; retomada e avanço em obras como o Parque da Lagoa, Ciclovia da Fernandes Lima e a Rota do Mar; ações de pavimentação em toda a cidade; lançamento e pagamento do Bolsa Escola Municipal, da CNH Social e do Conta em Dia; implantação do Passe Livre e da bilhetagem eletrônica e recarga instantânea com o aplicativo Vamu Maceió; implantamos os primeiros postos com o Corujão da Saúde e reformamos unidades de saúde e escolas; valorizamos e capacitamos nossos servidores O PAM Salgadinho agora atende aos sábados e conta com exames de imagem e laboratoriais. Já o Laboratório de Análises Clínicas de Maceió (Laclim) mais que dobrou sua produção e também zeramos a fila de transporte para diálise. Reformamos quatro postos de saúde e autorizamos a construção da UPA da Santa Lúcia. Ainda na área da saúde, intensificamos o enfrentamento à dengue com os mutirões de controle do vetor, recolhimento de recolhendo pneus e visitas domiciliares. Na Assistência Social trabalhamos para ampliar os atendidos pelo CadÚnico e foram 16 mil novas inserções. Também distribuímos 325.500 refeições no Restaurante Popular. Os tickets alimentação fornecidos pela parceria com a Cruz Vermelha e a ONG Gerando Falcões já beneficiou, esse ano, 2.633 famílias maceioenses, com um investimento de R$ 853 mil. Os que estão inscritos no CadÚnico também contam com a possibilidade de ingressar em cursos profissionalizantes no Senai. Com o programa Nova Chance, foram ofertadas 30 vagas para pessoas em situação de rua para os cursos profissionalizantes de panificação, pintor, pedreiro e encanador. As vias da cidade também estão recebendo atenção especial, a operação tapa-buracos deu conta de asfaltar mais de 300 vias por toda a cidade, foram limpas e desobstruídas cerca de 14 mil metros de galerias pluviais e mais de 311 toneladas de lixo foram retirados de 1.684 bocas de lobo. Com o programa Maceió Tem Pressa, 50 km de ruas foram pavimentadas contando com 20km de rede de drenagem implantados, com obras que estão garantindo mais de 270 empregos diretos aos maceioenses. Queria destacar aqui algumas iniciativas pioneiras, como um olhar e cuidado maior com as mulheres de Maceió. Além de termos criado o Gabinete da Mulher, desenvolvemos diversas ações voltadas principalmente às que estão em situação de vulnerabilidade social e que sofreram ou sofrem com violência doméstica. Entre as nossas iniciativas está o Convênio entre a Prefeitura de Maceió e a Casa da Mulher Alagoana; o programa de Enfrentamento à violência contra mulheres e meninas, o “SALVE MULHER”; criação do primeiro posto de coleta de leite humano da capital; criação do Programa Emprega Mulher, que traz oportunidades e capacitação, gerando emprego e renda; além, do auxílio Maria da penha, que garante que mulheres vítimas de violência doméstica possam receber benefícios para pagamento de aluguel. A nossa linda orla lagunar está finalmente sendo vista como ela merece. Levamos ações de cultura e grandes mutirões de limpeza para a nossa lagoa. Estive acompanhando de perto a realidade dos moradores e trabalhamos para transformar a vida daqueles guerreiros e guerreiras. Demos celeridade à construção do Residencial Parque da Lagoa, que contemplará 1.776 famílias da região. Hoje quem anda pela orla lagunar já vê lindos blocos de apartamentos erguidos. É um sonho virando realidade e que há um ano não era possível vislumbrar algo do tipo. Com o Favela 3D - Digna, Digital e Desenvolvida - vamos mudar a realidade de mais de 10 mil pessoas que moram no Vergel e nos bairros que margeiam a Lagoa Mundaú., com projetos focados em esporte e cultura, geração de renda para as famílias. Tickets de alimentação e auxílios também vêm sendo ofertados à população da favela e que vive em situação de vulnerabilidade social. Maceió é um sucesso na vacinação. Nos destacamos desde o começo da pandemia como a capital com a vacinação mais eficiente. Criamos um Plano Municipal de Imunização, que não existia ainda; compramos equipamentos e adequamos a Central de Rede de Frio; contratamos profissionais que dedicaram suas vidas para salvar outras; implantamos e ampliamos postos de vacinação em toda a capital; aplicamos doses por 12, 24 e até 60 horas seguidas; fomos a primeira cidade da América Latina a receber o ônibus da vacina, em parceria com a Cruz Vermelha e Mercedes Benz. enfim, levamos a vacina para o braço dos maceioenses, que aderiu à campanha, e hoje temos mais de 1,5 milhões de doses aplicadas e mais de 87% dos adultos imunizados. Também encontramos escolas sucateadas e o índice de matrículas caindo a cada ano. Essa ano já registramos um aumento de 8% na quantidade de matrículas realizadas com relação ao ano anterior. As escolas foram reformadas e passaram por manutenções para o retorno seguro das aulas no modelo híbrido. Trabalhamos na construção de oito escolas e seis creches que darão suporte à primeira infância. Temos um longo caminho a percorrer, mas acreditamos que estamos fazendo história e uma Maceió que seja realmente para Todos Nós.

Em 2021, qual dos projetos lançados você acredita ser mais impactante para a melhoria na vida dos maceioenses?

É difícil destacar e escolher apenas um! Este ano investimos muito para melhorar a vida dos maceioenses, especialmente dos que mais precisam e que, durante tantos anos, estiveram invisíveis para a gestão pública municipal. Bom, pensando em uma ação do início, do meio e outra do fim do ano, acredito que podemos falar:

1. Redução no valor da passagem - Saímos de R$3,65 para R$3,35. Somos a capital com a passagem mais barata do Brasil! Tudo feito com estudos técnicos e muita responsabilidade, pensando no melhor dos maceioenses.

2. Lançamento do Bolsa Escola Municipal - Investimos, ao longo de seis meses, R$24 milhões no maior programa de transferência de renda às famílias dos estudantes de Maceió, que receberam de R$70 a R$300 por mês. O auxílio fez diferença na vida dessas pessoas, principalmente em momento de pandemia.

3. Conta em Dia e CNH social- Agora no fim do ano lançamos mais dois importantes programas que irão beneficiar as pessoas atendidas pela nossa Assistência Social. Um é voltado para o ajudar a população carente a pagar as contas de água, luz e gás; e o outro é para oferecer mais oportunidades aos jovens, com a oferta da CNH, requisito para muitos empregos. Como bônus não posso esquecer da vacinação, que em Maceió é um sucesso desde o início. Investimos pesado, contamos com nossos aguerridos profissionais e os maceioenses aderiram em peso à campanha.

 Quais foram as principais dificuldades encontradas ao assumir a Prefeitura de Maceió?

Encontramos a cidade com um rombo de aproximadamente R$332 milhões, mas em caixa havia apenas R$59,6 milhões. Ou seja, tivemos que trabalhar de forma responsável, reduzir e enxugar custos, mas sem desassistir os que mais precisam, que já vinham sendo esquecidos pelo poder público. É fazendo mais com menos. Muitos diziam que não conseguiríamos pagar os salários de junho, mas chegamos ao final do ano com 13º na conta, salário de janeiro adiantando e muitos programas de transferência de renda e de benefício à população. Além disso, a desassistência era perceptível em várias áreas da cidade, mas estamos ouvindo o povo e mudando essa realidade.

 Em sua análise, qual a área merece mais atenção ano que vem?

Na nossa gestão não há invisíveis. Então, estamos dando atenção a todas as áreas, investindo desde a Cidade Universitária ao Pontal da Barra, da orla marítima à orla lagunar.

 Quais os novos projetos previstos para 2022?

Continuaremos ampliando os serviços que iniciamos este ano e traremos mais novidades à população. Para mencionar alguns, seguiremos empenhados em proporcionar mais qualidade de vida aos maceioenses,com o programa Maceió Tem Pressa, que somente no ano de 2021, pavimentou mais de 50 km de ruas, em diversos bairros da nossa cidade, assegurando uma melhor mobilidade para mais de 200 mil maceioenses. As obras do projeto Renasce Salgadinho, lançado em novembro de 2021, que irá trazer uma requalificação ambiental para um dos riachos mais importantes da cidade, seguem a todo vapor. Mais de 60 operários já estão trabalhando no em torno do Vale do Reginaldo. Ampliaremos nossas unidades de saúde que atendem das 7h às 21h, com o Corujão da Saúde. Já são oito atendendo neste modelo. -

Como foi assumir o mandato em plena pandemia da Covid-19?

Desafiador! Mas foi uma prioridade estabelecida por mim, mesmo antes de assumir como prefeito de Maceió. Encontramos uma cidade sem plano de imunização, com a vacina já batendo na porta, uma Central de Rede de Frio aquém do necessário, sem pessoal, entre outras dificuldades e descasos. Mas arregaçamos as mangas e corremos atrás. Ampliamos a capacidade de 144 mil para mais de 700 mil doses, compramos equipamentos de última geração e capazes de armazenar os imunizantes em baixíssimas temperaturas. Implantamos pontos de vacinação em locais estratégicos e ampliamos gradativamente. Avançamos rapidamente na imunização dos públicos, conforme a quantidade de vacinas recebidas, o que nos tornou a capital com a vacinação mais eficiente do país, segundo dados do Ministério da Saúde. Trabalhamos com transparência e ficamos entre as cinco capitais com melhor desempenho na transparência de dados da Covid, segundo a Open Knowledge Brasil. Vacinamos todos os dias nos pontos fixos, postos de saúde, unidades itinerantes e ônibus por 12, 24 e até 60 horas seguidas. Seguimos com muitas ações para garantir a imunização dos maceioenses e ouvindo sempre a ciência e os especialistas. Atualmente, estamos vacinando em 20 unidades de saúde, quatro pontos fixos, no CAT, que fica na orla da Ponta Verde, e no Terminal Rodoviário.

Cadaminuto

 

Contato

(82) 98130-1099

(82) 99979-7540

contato@hojeem1minuto.com.br